em ,

QUIFLOX Comprimido

Não tome remédio antes de ir a um médico

O ciprofloxacino pertence ao grupo das quinolonas, que por sua vez bloqueiam a girase, uma enzima bacteriana, que tem um papel vital no metabolismo e na reprodução bacteriana, matando os germes causadores da doença. Uso Oral.

Anúncios

Agente antibacteriano de efeito rápido que não apresenta resistência cruzada com as penicilinas, cefalosporinas, tetraciclinas e aminoglicosídeos. Atua por inibição do DNA-girase bacteriana, interferindo na replicação do DNA. Na forma oral, combina uma biodisponibilidade elevada com grande penetração tissular que permite seu emprego como monoterapia ou em combinação com outros antibióticos.

Indicações: Infecções causadas por bacilos Gram negativos aeróbios sensíveis a ciprofloxacino (infecções urinárias complicadas, geniturinárias, respiratórias, sinusite, cutâneas e de tecidos moles, ósseas e articulares, intra-abdominais – junto com metronidazol).

Anúncios

Contraindicações: • Hipersensibilidade ao ciprofloxacino ou a qualquer outra quinolona. • História de doença nos tendões associada ao uso de quinolonas. • Gravidez a termo.

Anúncios

Precauções: • Cautela em pacientes com história de epilepsia ou convulsões (diminui o limiar), miastenia grave, insuficiência renal (ver apêndice D). • Não é antibiótico de primeira escolha para crianças e adolescentes e deve ser usado com muita cautela por efeitos adversos sobre as articulações. • Evitar exposição à luz solar pelo risco de fotossensibilidade. • Possibilidade de desenvolver colite pseudomembranosa (superinfecção) em uso prolongado. • Potencial de desenvolver graves reações de hipersensibilidade, inclusive anafiláticas. • Suspender o tratamento se ocorrerem reações psiquiátricas, neurológicas ou de hipersensibilidade. • O medicamento altera resultados de testes de função hepática.

Efeitos colaterais: Ocasionalmente pode produzir náuseas, diarreias, vômitos, dispepsia. Alterações do SN vertigem, cefaleias, cansaço, insônia, tremor. Em raras ocasiões: sudorese, convulsões, estados de ansiedade. Reações de hipersensibilidade, erupções cutâneas, prurido, febre medicamentosa. Reações anafilactoides: edema facial, vascular e laríngeo. Dores musculares, tenossinovite, fotossensibilidade.

Anúncios

Atenção: O uso de qualquer medicamento só deve ser feito por recomendação e orientação de um médico, essas informações são de caráter meramente educativos e não substituem em hipótese alguma a avaliação de um especialista médico.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PROCSIM Comprimido

QUINOFLOX Comprimido